Pesquisar
TOP

Sabendo estas 3 características juntas (tipo, porosidade, densidade) será útil para perceberes características únicas do teu cabelo, encontrares as melhores técnicas, os melhores produtos, e sobretudo saberes como agir com o teu cabelo (o que fazer e o que não fazer).

É verdade que cada cabelo é único como uma impressão digital, até podes encontrar pessoas com um tipo de cabelo igual ao teu, com a mesma porosidade e densidade, e no entanto terem gostos de produtos diferentes e terem técnicas de cuidar que não resultam com o teu cabelo. Mas na maioria dos casos a combinação destas 3 características direcciona-te para um caminho certo de cuidados de cabelo.

 

Tipos de Cabelo

O famoso cabeleireiro da Oprah (para o seu programa “The Oprah Winfrey Show”), entre outros… criou um sistema de tipos de cabelos. Posteriormente, o sistema foi um pouco alterado para detalhar os diferentes tipos de cabelos crespos/encaracolados/ondulados.

Os tipos de cabelo encaracolados estão divididos em quatro categorias: 233C e 4. Dentro dessas categorias existem subcategorias para especificar melhor esse tipo, essas subcategorias vão de A a C.

 

Tipo 2 – Cabelo Ondulado:

– Os fios de cabelo são ondulados ou formam uma espécie de “S” largo.

– O Tipo 2 de cabelo mantém-se junto à cabeça, isto é, não tem a tendência de subir.

.

   Tipo 2A:
– É bastante fino e muito fácil de manusear, facilmente pode ser esticado.

.

      Tipo 2B:
– Tem uma textura média, menos manuseável, e já tem mais tendência a ficar frisado.

.

      Tipo 2C:
– É um pouco mais espesso/grosso, mais resistente ao manuseio e facilmente fica frisado.

.

Tipo 3 – Cabelo Encaracolado:
– Este tipo de cabelo está definido em pequenos “S”.

– Os caracóis são bem definidos e bastante elásticos.

– Costuma ter bastante volume.

– Não é áspero, é suave e fino.

– É muito comum ver-se combinações de caracóis tipo 3A e 3B.

.

Tipo 3A:
– Os caracóis são grandes, soltos e naturalmente brilhantes.

.

Tipo 3B:
– Os caracóis são muito elásticos.

– Têm forma de “S” bastante “apertados”.

 Clica aqui para saberes como cuidar do tipo de cabelo 3B.

.

Tipo 3C – Cabelo em Caracóis-Crespo:
– O tipo 3C é mais do que uma subcategoria, porque tem as suas características especiais!

– Este tipo de cabelo tem caracóis bastante apertados, em forma de espirais.

– Os fios de cabelo estão muito juntos e enrolados uns aos outros.

– O cabelo tem tendência a subir, ou seja, não se mantém tão junto à cabeça/pescoço/ombros.

– Embora os caracóis sejam bastante “apertados”, a textura dos fios é, geralmente, fina.

 Clica aqui para saberes como cuidar do tipo de cabelo 3C.

 


Tipo 4 – Cabelo Crespo:
– O tipo de cabelo 4 é bastante mais áspero e enrolado, claramente visível.

– O fio de cabelo é duro, com pouca elasticidade quando esticado, torna-se por isso muito frágil.

– A textura do cabelo pode ir de muito fina a muito grossa. Os fios estão muito próximos uns dos outros.

– O tipo de cabelo 4 tem menos camadas de cutículas do que qualquer outro tipo de cabelo, o que significa que mais facilmente é danificado pelo calor dos secadores/alisadores, etc…

– Este tipo de cabelo pode encolher até 75% do seu verdadeiro comprimento.

.

Tipo 4A:
– Os fios estão totalmente enrolados, quando esticados têm a forma de um “S”. Tem tendência a estar mais hidratado do que um cabelo tipo 4B.

 Clica aqui para saberes como cuidar do tipo de cabelo 4A.

.

Tipo 4B:
– Este tipo de cabelo está definido em pequenos “Z”.

– Tem caracóis menos definidos.

– O cabelo tem uma sensação semelhante ao do algodão.

 Clica aqui para saberes como cuidar do tipo de cabelo 4B.

.

Tipo 4C:
– Os fios de cabelo são mais enrolados e em forma de “Z” mais apertados do que o tipo 4B.

– É o tipo de cabelo mais difícil de manusear e esticar.

 Clica aqui para saberes como cuidar do tipo de cabelo 4C.

 

Porosidade

 

Ilustração: Fio de cabelo

A Baixa Porosidade significa que a cutícula dos fios de cabelo está muito fechada/compacta, o que torna difícil a entrada dos produtos nos fios. Este tipo de fio tem dificuldade a ser hidratado.

A Porosidade Normal significa que a cutícula dos fios de cabelo está num estado perfeitamente normal para a absorção e retenção da hidratação.

A Alta Porosidade significa que a cutícula dos fios está muito levantada, o que torna difícil a retenção da hidratação nos fios.

Sinais de Baixa Porosidade:

  • O cabelo costuma demorar muito tempo para secar depois de o lavares;
  • Demora muito tempo a absorver a água ou outros produtos hidratantes;
  • É difícil para absorver as máscaras ou só as absorve quando usas calor;
  • Dá sempre a sensação que os produtos ficam só na superfície do cabelo;
  • Ao usares produtos químicos notas que o cabelo é difícil de alisar ou é difícil para pegar as tintas depois de o pintares.

Sinais de Alta Porosidade:

  • O teu cabelo seca muito rápido depois de o lavares;
  • Costuma dar nós muito facilmente;
  • Parece que está sempre seco, baço e sem brilho;
  • Absorve os produtos hidratantes muito bem mas passado algum tempo já está seco outra vez;
  • Ao usares produtos químicos notas que absorve os desfrisantes e/ou as tintas com facilidade.

Se te identificas com mais sinais de Baixa Porosidade, é porque provavelmente os teus fios de cabelo têm Baixa Porosidade.

Se te identificas com mais sinais de Alta Porosidade, é porque provavelmente os teus fios de cabelo têm Alta Porosidade.

Se não te identificas com nenhuma ou pouquíssimas das afirmações acima é porque o teu cabelo tem uma Porosidade Normal, o que é ótimo!

Se identificas com 50% dos sinais de Baixa Porosidade e 50% dos sinais de Alta Porosidade, significa que tens Porosidade Mista. Partes do teu cabelo podem ter baixa porosidade e outras alta porosidade. Neste caso deves tentar adaptar diferentes produtos e técnicas a cada uma destas partes distintas.

Lê mais aqui sobre este tema.

 

Densidade

 

A densidade do cabelo refere-se à proximidade que os fios de cabelo têm entre si, ou seja, é a quantidade de fios de cabelo que possuis em toda a cabeça.

A densidade pode também ser afectada pela textura, porosidade, pela espessura dos fios e se o teu cabelo está natural ou não.

1º Método:
Com o cabelo seco, solto e sem produtos (atenção, o cabelo não pode estar molhado nem húmido porque parece sempre mais vazio do que na realidade é), olha para o teu cabelo através do espelho, levemente vai virando a cabeça de um lado para o outro e olhando o cabelo de diferentes ângulos, se o teu cabelo é muito vazio e consegues ver o couro cabeludo facilmente é porque tens baixa densidade, se consegues ver só um bocado do couro cabeludo se fores mexendo a cabeça é porque tens uma média densidade, se tens mesmo muitas dificuldades em ver o teu couro cabeludo é porque tens uma alta densidade de cabelo.
2º Método:
Outra forma de saber a densidade é fazeres um rabo de cavalo, e medires a circunferência do rabo-de-cavalo.
Um cabelo com baixa densidade vai ter menos de 5cm de perímetro, um média densidade tem entre 5 e 8cm e um cabelo com uma alta densidade vai ter mais do que 8cm.
No entanto, este método pode não ser tão preciso se o teu cabelo está desfrisado ou com outro tipo de alisamento.